domingo, 6 de maio de 2012

Bom dia pra quem acordou feliz e pra quem acordou triste. Bom dia pra quem acordou ao lado do amor da sua vida e pra quem só sonhou com ele. Bom dia pra quem acordou e tomou toddynho. Bom dia pra quem nem comeu ainda. Bom dia pra quem se olhou no espelho e se assustou. Bom dia pra quem ja almoçou. Bom dia pra quem ja chorou. Bom dia pra você, Você tem mais um dia pela frente, Faça dele um ótimo dia.




sexta-feira, 4 de maio de 2012











FALA-ME

Fala-me
De forma sentida
Preciso entender
Se existe esse tal amor
Ou se é só fantasia
De quem faz poesia
Preciso do teu afago
Do teu afeto
Ter tua confiança
Fala-me com sabedoria
Diz-me palavras ternas
Tão meigas como teu beijo
Fala-me ao meu ouvido
Teu lábio susurrando
Meu nome apelando
Por mais amor
Fala-me por gesto
Calor do teu corpo
Sabor da tua boca
Porque falar mais
Ama-me meu querido
Estou sedenta do teu calor

MEU AMOR

Chegaste de manhã cedinho
Acordou-me com tanto carinho
Senti teu cheiro de doce desejo
Vindo do teu corpo em forma de beijo
Um despertar sereno a esperança
De mais um dia de amor
Quanta ternura trouxe no olhar
Teu sorriso me encantou
Com que carinho me tocou
Ao afagar meus cabelos
Senti a suavidade das tuas mãos
O abraço aconchegante
O calor de tanto amor E a ternura do meu amante


video

SOU AMADA Acordei molhada de ti Dos teus lábios e dedos Tua língua atrevida Explora meu sexo Tuas mãos passeiam Sem respeito sem pudor Em minhas entranhas Arrancando gemidos Tua boca despudorada Percorre meu ventre Se satifaz em meu sexo Sou lambida chupada Explorada devorada Penetrada Sou Amada Teu membro viril desliza Em meu sexo que vibra Preenche cada canto de mim Neste ritmo cadenciado Cada vez mais desejado O vai e vem Me enlouquece Finalmente o grito Prazer alucinado No jato que me satisfaz No gozo que fica No relaxar dos corpos Tua boca encontra minha Teus lábios a me dizer EU TE AMO Prin©esa POEMAS ERÓTICOS *


quinta-feira, 3 de maio de 2012

Quero que venhas simplesmente com teu instinto de homem, mas deixa meus pensamentos loucos governar este dia. Vem somente com teu desejo e paixão, para nesta hora de lascívia te entregar aos meus caprichos de amor. Vem com a velocidade do tigre que alcança sua presa, mas com a maciez de um coelho, deita comigo, para ser envolvido, como a rosa envolve a abelha. Enquanto as luzes do dia se vão, vem ser a luz que atordoa a mariposa, mas vem amar-me devagarzinho, com a pressa de uma preguiça. E assim ébrio de amor, v
em sentir o prazer do urso que lambe o mel, deitado no céu.
PECADO Ó pecadora de olhos langorosos, quero pecar contigo alguns momentos, beijar teus rubros lábios saborosos como a polpa dos frutos sumarentos! Sentir nos meus braços luxuriosos, alvos braços que são os meus tormentos; beijar teus olhos úmidos de gozos, úmidos de volúpias, sonolentos... A mim pouco me importa o teu futuro; o teu corpo é que quero, puro ou impuro, na súbita explosão dos meus desejos... Nossas horas de amor serão bem poucas; depois vai à procura de outras bocas que irei também em busca de outros beijos!
BEIJO Um beijo em lábios é que se demora e tremem no de abrir-se a dentes línguas tão penetrantes quanto línguas podem. Mas beijo é mais. É boca aberta diante para encher-se ao que se mova nela. E dentes se apertando delicados. É língua que na boca se agitando irá de um corpo inteiro descobrir o gosto e sobretudo o que se oculta em sombras e nos recantos em cabelos vive. É beijo tudo o que de lábios seja quanto de lábios se deseja.
Só quem viveu entende Amor proibido. Mexe com a essência da gente, Com o libido. Tudo fica mais excitante. No encontro escondido O coração bate forte, O rosto cora. Num simples toque de mão. Não há quem suporte A emoção da primeira vez, É emoção de mais. Mistura de medo e paixão Arrependimento jamais. Os sentimentos saltam aos olhos, As palavras saem entrecortadas. Parece que o mundo inteiro Vai descobrir esse pecado. Mas com tanto amor assim, Com certeza seremos perdoados

Ah! esse homem. Que me toca os seios, Como um beija-flor toca, no jardim, as flores, Arrepiá-me despertando antigos devaneios, De mãos no meu corpo em longos passeios. Ah! esse homem. Que me cobre de beijos, Que deixa marcas denteadas nos meus braços, Expõe minha anatomia nua sem segredos, Como se fosse um quadro de célebre pintor, E a mira com olhos de sol coruscante, Incendeia a tela com seu fogo sagrado, Remexe a lava, no fundo, adormecida, Do vulcão dos meus profundos desejos, Fazendo explodir em mim a mulher plena, A amante ardente de gestos delicados, Que pouco se importa com os espinhos, Para ser a dona dos seus carinhos. Ah! Esse homem.

quarta-feira, 2 de maio de 2012

O ciúme é como uma Rosa cheia de espinhos... Faz bem, Faz mal... Acaricia, Fere... É como um forte Sol sobre nós... Ás vezes é como um temporal! Que quando chega Leva tudo que está a sua frente. Para Ele ás vezes não existe a frase: ''Me compreenda, não é assim, isso que está pensando não existe...'' A Essa frase Ele fortemente resiste. Ele te prende! Te surpreende! Te deixa hiper, super descontente... Ao pensar que a pessoa que está a amar... Mente! O ciúme faz os sentimentos se misturarem, Faz as emoções se descontrolarem Faz a mente pensar, pensar... No que na verdade, ás vezes nem há. Faz o coração mais forte pulsar... Acredito que isso se deve a questão de amar demais, Sem medida. Um dia li uma frase que dizia: ''Que o ciume é mais amor próprio Do que amor pelo outro.'' Será? Pode até ser... Tá, mas não há ninguém no mundo, que nunca sentiu, esse sentimento, Que corroí por dentro. Sentir ciúmes, e receber esse sentimento, Do outro para conosco... Ás vezes é até gostoso. Parece que ele demonstra, O quanto a pessoa que amamos Nos ama... Mas li uma frase em um livro muito importante Inspirado pelo Criador do Amor Que diz: O amor não arde em ciúmes. Então porque quando amamos alguém Sentimos tanto ciúme? Nossa sentimentos é uma coisa Que nem nós ás vezes entendemos... Só se sabe senti-los Explica-los não se sabe. Amor, Paixão... Ás vezes tudo se mistura Dentro de um coração. Como explica-los então? Eis a questão Só sabe quem sente, Mas ás vezes parece mente. Fala que não ama, Mas o coração o amor Proclama! Só entende o ciúme que já sentiu ou está a senti-lo Quem estar com os sentimentos a se misturar... E se não houver uma certa paciência da parte afetada pelo ciúme, Tudo, pode se perder. Mas ás vezes se ignora E o relacionamento joga fora. Sentimento tão forte que se chama Ciúme. Cuidado não o cultive! Não o deixe tomar conta de você!!! Nossa!!! Querida Autora. Fala como se isso fosse tão fácil! Hein! Hein! Sim! É verdade! Caros leitores! Mas se ele é assim tão forte É perigo que há algo tão terrível Ele nos transporte... Ciúme, Tanto ciúme... Quando o sentimos será que é mesmo por amar demais? Ou por achar que não estamos completando o outro o suficiente? Ou por achar que não estamos sendo capaz? O ciumento(a) é assim: Você não fala com ninguém, ninguém fala com você. Não quero que ninguém te toque. Olhar para o lado jamais. É isso mesmo que o ciúme doente faz. (Risos) É complicado falar de ciúme, porque ele é inevitável Realmente não é algo fácil. Mas o fator x de tudo isso É se buscar o equilíbrio. Autoria, Fernanda Oliveira E você o que acha desse sentimento, chamado: Ciúme? Deixe sua opinião.

terça-feira, 31 de janeiro de 2012

sábado, 14 de janeiro de 2012

ROBERTA MIRANDA FAZ AMOR COMIGO

Não se pode explicar aos Normais

QUERO FAZER AMOR COM VOCÊ!.wmv

♫TOQUE-ME...SEDUZA-ME ♫

Seduza-me /Ulisses Reis®

AMANDO-TE By CARLOS

AMANDO-TE By CARLOS

Poesias da minha existência: Mil beijos!

Poesias da minha existência: Mil beijos!: Beijos... mil deles com dengos, mais o fogo da paixão... Prazer saciado... corpos cansados, suados com muita emoção. Beijos... mais beijos ...